HomeNotíciasEsporte como ferramenta de inclusão

notícias

Depoimentos

LER MAIS DEPOIMENTOS

Esporte como ferramenta de inclusão

A prática de esportes é uma ferramenta forte para a inclusão social. Ela contribui em diversos ensinamentos, motores e cognitivos para formação do indivíduo e capaz de abrir oportunidades para toda a vida.

Quando orientados de maneira correta, os exercícios funcionam como peças-chave para aprender a ter mais empatia e respeito.

O futebol, por exemplo, auxilia no desenvolvimento do pensamento estratégico, na colaboração do grupo, na interação social, assim como na corrida e na força.

As artes marciais, por sua vez, trabalham com valores como a disciplina e o respeito aos mais velhos.

As regras, as habilidades sociais ea superação dos limites próprios trabalhados durante os exercícios são que acabam fazendo parte da personalidade de quem o prática.

Isso auxilia na inclusão social com o fortalecimento da autoestima e na formação de um indivíduo mais consciente de si.

Praticar esportes é não só cuidar da saúde do corpo, mas da mente e do futuro de um jovem ou de uma criança.

Apesar de ser visto também como um meio de ascensão, uma oferta desse tipo de programa de inclusão social não significa trabalhar com uma formação de atletas.

Isso também pode acontecer se uma criança ou jovem tiver aptidão para isso.

Significa that: aquela pessoa que está praticando, seja qual for o esporte, vai aprender a vencer e a perder.

Significa que: uma perspectiva que aquela criança ou adolescente tinha da sua rotina e convívio diário se transforma com a convivência do esporte.

A partir do momento que existe essa prática de um esporte, sua visão do mundo aumenta e se fortalece.

É possível assimilar que existem oportunidades que vão além daquelas oferecidas no seu meio de convívio.

Não é à toa que o símbolo da luta pela igualdade racial e ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, defendia o poder do esporte como método de inclusão social: “O esporte tem o poder de mudar o mundo. Tem o poder de inspirar, tem o poder de unir as pessoas de um jeito que poucas coisas conseguem”.

A inclusão social deve ser vista como uma necessidade para crianças e adolescentes e a prática de esporte como uma ação para proporcionar mais oportunidades a crianças e adolescentes.

Pois essa combinação do esporte com inclusão social vai refletir no futuro deles. Quando precisar tomar uma decisão no trabalho e aquele adulto levar em conta o coletivo. Ou quando levar um não e a autoestima fortalecida pelo esporte ajudar a levantar e seguir em frente.

Avalie este item
(0 votos)